Working Fashion

post

Olá Amoras, tenho uma relação ótima com meus seguidores via direct no instagram, acredito que esse retorno é essencial para o crescimento do meu trabalho e perfil, é maravilhoso saber que estou falando de cá, e tem alguém me ouvindo daí !!! Hehehhe

Na última semana, minha leitora @hellocris_ me pediu a seguinte matéria : O mercado da moda e suas profissões! Eu não sou formada na área, acredito que existem pessoas com o gabarito bem maior que o meu para falar sobre o assunto, por isso, além de pesquisar, pedi ajuda para a Produtora de Moda Mariana Cutrim, que me orientou na criação dessa matéria.

Cris, espero que tenha suprido pelo menos um pouco, as suas expectativas.

O que é a carreira de moda:

A carreira em Moda exige do profissional bastante criatividade, originalidade e bom gosto. O Profissional de Moda hoje, atua nas mais diversas áreas desde a criação de uma coleção e seu desenvolvimento, passando por todo o marketing moderno envolvido que conta com o apoio das mídias sociais e seus colaboradores, e finalizando com o desejo de consumo e compra do produto pelo consumidor final bem como toda a comercialização que abrange distribuição e venda em pontos específicos. E nesse meio tempo muitas outras coisas acontecem também!!!

Mas as vezes não entendemos quais são as reais atividades desenvolvidas por esses profissionais, então corri pesquisar.

Atividades desenvolvidas por alguém que se forma em MODA:

 Estilista
Cria roupas e acessórios seguindo um conceito de coleção. O trabalho inclui pesquisa de tendências e de público, definição das modelagens, cores e materiais, seleção de fornecedores e acompanhamento da produção. Antes formada por autodidatas, a profissão conta hoje com inúmeros cursos e faculdades. Na indústria de calçados, esses profissionais estão em falta.
estilista
Modelagem – desenvolve moldes a partir dos desenhos de estilistas. Estes moldes servem como orientação para a produção das peças.

Produtora de moda  – Trabalha com campanhas publicitárias, eventos e publicações, selecionando e organizando roupas e acessórios, procurando locações e escolhendo fotógrafo, maquiador e modelos. Atua na organização e produção de desfiles e eventos de moda.  É responsável pelo bom andamento do evento. Também cuida da produção de catálogos, editoriais para revistas e até campanhas publicitárias.

Estudos-e-referências-para-produção-de-moda-6

 Coordenação – gerencia a compra ou confecção de coleções em fábricas e lojas. Supervisiona equipes de trabalho e orienta-as sobre as tendências do mercado.

Fotografia – realiza a produção dos ambientes e dos modelos para sessões fotográficas de moda para campanhas, catálogos e revistas, entre outros.

Moda-en-el-Puente

 Ilustrador de Moda – elabora desenhos técnicos e cria ilustrações que podem ser usadas em revistas, campanhas publicitárias e até vendidas como obras de arte.

Personal Stylist / Consultora de imagem Dedicada inicialmente a cuidar da aparência de pessoas públicas (artistas, políticos, altos executivos), a atividade despertou o interesse de quem não depende da fama, mas gosta de aparecer bem. A consultora pode prestar um serviço completo, no qual estuda o perfil do cliente, define um estilo para ele e o assessora na montagem do guarda-roupa, na combinação das peças, no corte de cabelo e na maquiagem. Ou um atendimento isolado, para um evento específico. O sucesso na área depende de bons contatos.

curso-de-personal-stylist

Além das profissões que requerem formação específica em moda, muitas outras estão relacionadas ao mundo fashion. Confira quais são elas:

Figurinista
Seleciona e desenha o guarda-roupa de peças e balés, novelas, filmes e peças publicitárias, adequando à época e às intenções do autor/diretor. Fora a base conquistada em curso superior de moda, o autodidatismo predomina. Exige dedicação e pesquisa incessante. Mercado super-restrito.

Produtor de desfile / Stylist
Desenvolve a ideia e coordena tudo que envolve um desfile. Precisa saber dirigir uma equipe grande (luzes, técnicos, modelos, costureiras, maquiadores) para que tudo seja feito no tempo certo e sem erros. Não existe formação específica para a atividade. Em geral, os cargos são ocupados por profissionais que fizeram teatro, cinema ou TV.

Agente de modelo
A carreira está vinculada à explosão das brasileiras no mundo fashion. Essa profissional cuida da agenda e dos negócios de top models. É escolhida, freqüentemente, entre as bookers de agências de modelo, atividade que exige agilidade, capacidade de relacionamento e profissionalismo.

Modelo
Exibe, em fotos, desfiles e em peças publicitárias, as roupas e acessórios das coleções de grandes estilistas e marcas ou produtos de beleza, no Brasil e no exterior. Trabalha também como personagem de fotos editoriais e publicitárias.

5537e0c7ede303d14c000004-original

Assessoria de imprensa
Conceitua, redige e divulga as informações sobre empresas ou profissionais da moda. Pelas suas características, o setor exige especialização do jornalista. Além de conhecer o negócio da moda em profundidade, deve manter uma ampla rede de relacionamentos entre formadores de opinião e jornalistas especializados. A formação básica em jornalismo precisa ser fortalecida com atualização permanente.

 Comprador de varejo
Por trás da incrível oferta de roupas e acessórios das lojas multimarcas e de departamento existe uma pessoa capaz de equilibrar preço, beleza e qualidade na medida certa. É o comprador quem escolhe as peças e os fornecedores vendidos no varejo de rede, depois de pesquisar tendências e custos em vários países. E, para isso, ele precisa ser um misto de estilista, administrador e viajante profissional.

Consultora
A reciclagem profissional imposta pela modernização da área de moda abriu espaço para os consultores externos. Eles são necessários nas áreas de planejamento e desenvolvimento de coleções, pesquisa de perfil de consumidor, treinamento de equipes de compra ou venda, na implantação de processos de automação etc. Mas é uma área reservada para quem já tem muita vivência profissional.

Editora de moda

Responsável pelas reportagens de moda em revistas, escreve e coordena o trabalho de fotógrafos e produtores. Além da faculdade de jornalismo, deve ter boa noção de estética, fotografia e história da arte. Como cada publicação precisa de apenas uma profissional, as oportunidades de ocupar um cargo são bem reduzidas.

destacada-clau

Jornalista de moda
A consolidação do mercado de moda fez surgir o profissional que se dedica a escrever sobre o tema, da criação ao aspecto econômico. Geralmente, estuda a história da moda e tem preparação para cuidar da parte visual do trabalho jornalístico. O sucesso depende muito de estar ligado no que acontece em outros países, do que já foi moda no passado e da capacidade de avaliar as tendências.

Blogueiras / Influenciadores Digitais

O documento, chamado “The Rise of Influencer Marketing”, fez uma pesquisa com 348 marcas, agências, consultores e membros da mídia nos Estados Unidos e Reino Unido, e comprovou que a influência destes blogs está cada vez maior.

A ideia por trás disso é que o engajamento do público através dos blogs parece mais natural do que nas propagandas, que normalmente contam com celebridades como suas garotas-propagandas. É possível comprovar isso também em redes sociais como o Instagram, uma das que mais tem relevância quando o assunto é a moda.

Os seguidores sentem mais confiança em consumir um produto se a indicação vem de uma ‘pessoa comum’ e não de uma celebridade, e as blogueiras, claro, usam isso a seu favor.

Influenciadores Digitais são pessoas que conseguem ser formadores de opinião e levar as pessoas a consumirem e seguirem seus estilos de vida, sem tentar passar para o público a imagem de uma vida perfeita, afinal, a vida não é esteticamente perfeita.

blogueiras

5 profissões de moda do futuro

O mercado está evoluindo e, com ele, surgem novas carreiras que expandem a visão que temos do cenário fashion.

1. Engenheiro de Impressão 3D

A impressão 3D veio para ficar e além de ser uma forma de variar a maneira como uma roupa é produzida, ela também é uma porta de entrada para novos designers. Isso porque esse tipo de impressão torna todo o processo mais rápido, fácil e barato, e até as grandes marcas, como Chanel e Iris Van Herpen já começaram a usar essa tecnologia para a criação de roupas.

20151209121029_660_420

2. Psicólogo de Consumo

Existem milhares de teorias que explicam por que as tendências surgem na moda e outras tantas que provam que usamos as roupas como uma forma de expressão. Por isso, não é uma surpresa que uma área da psicologia esteja, agora, se dedicando a estudar o nosso comportamento em relação às roupas, de forma a entender porque fazemos certas escolhas e como elas se encaixam no nosso dia a dia.  Eles trabalham com marcas e agências para ajudar a entender melhor o consumidor e saber o que é mais apelativo para o público.

3. Pesquisador e desenvolvedor de tecidos

Ainda na onda das novas tecnologias, marcas como a Nike e a Adidas (que desenvolveu um tecido feito com plástico retirado do oceano) estão constantemente desenvolvendo e procurando por novos tecidos para melhorar a performance dos atletas. Esses tecidos são a matéria prima da moda por isso é apenas natural que exista uma profissão focada em buscar novas fontes de matéria-prima e estudar como a tecnologia está afetando esses tecidos.

4. Expert em sustentabilidade

A busca por uma forma de produção e venda mais sustentável tem marcado a moda nos últimos anos – uma manobra mais do que desejável, levando em consideração os perigos que o excesso, tão comum desse mercado, apresentam para o mundo. O objetivo desse expert é estudar todo o processo de produção de uma marca e entender onde podem ser feitos ajustes para tornar a marca sustentável e evitar desperdícios.

Pós-graduação-Especialização-em-Moda-e-Sustentabilidade_capa

5. Personal Stylist para todos

No passado, as únicas pessoas que tinham personal stylists eram as celebridades, mas a evolução do mercado mostra que o ato de comprar está se tornando mais impessoal por conta dos e-commerces. Por isso mesmo, um toque humano, mais personalizado, está ganhando espaço para ajudar esses consumidores online que, apesar de desejarem um guarda-roupa de acordo com o seu estilo, querem um direcionamento mais concreto.

Assim, trabalhar com moda pode até não ser fácil, mas a diversidade de opções é enorme, quem sonha com esse lifestyle pode pesquisar, se qualificar e trabalhar muito!

Colaboração:

Mariana Cutrim 

Produtora de Moda pela EnModa-SP

Pós Graduada em Marketing de Moda pela faculdade Ad1

Consultora de Moda formada pela Chris Francini

Sigam a Mari no instagram – @_mariana_cutrim / @eradamaroca

Beijinhos 😘

Me sigam nas redes sociais:

natialcazas

It’s New


Fontes:  

www.guiadacarreira.com.br

www.fashioninsight.com.br

www.elle.abril.com.br

 

Gostei
Gostei Amei Haha Uau Triste Bravo
1
post